Colgio Sagrada FamliaPatrimônio do saber na comunidade!

Diretoras


PRIMEIRA DIRETORA: IRMÃ NORBERTA OGNIEWSKI


Irmã Norberta Ogniewski,  a primeira Diretora do Sagrada Família, nasceu em Allenstein- na Prússia Oriental Breslau-Alemanha em 19 de maio de 1907. Se nome de batismo era Elisabeth Agnes Ogniewski. Filha de Bernardo Ogniewski e Agnes Elisabeth Figurski Ogniewski, veio para o Brasil em 1937 -como religiosa das Irmãs Escolares de Nossa Senhora.

Aqui em Forquilhinha ajudou  na construção da primeira escola das Irmãs. Amava dar aulas e ajudar as pessoas.

Como grande "mestra e educadora, Irmã Norberta era muito alegre, gostava de organizar festas,  ensaiar teatros, celebrações para o  Natal . Iniciou com os grupos de  dança folclórica alemã e com o clube de mães juntamente com a Senhora Ana  Ricken e outras senhoras da comunidade.

Foi professora aqui em Forquilhinha durante 61 anos. Dava reforço escolar mesmo aos domingos, para os alunos com dificuldades na aprendizagem.

Chamava a atenção pela pontualdiade e assiduidade em tudo o que fazia. Era severa consigo mesma, com alunos e colegas, porém em tudo deixava perpassar sua grande bondade.

Ajudava o povo em geral,especialmente os pobres. Ajudava alunos com bolsas de estudo, providenciava tijolos para as casas, ranchos, remédio.Para conseguir tudo isso, contava com a ajuda financeira de pessoas amigas de sua terra natal..

Não somente dava coisas, mas orientava para que as pessoas tivessem melhores condições de vida. Ajudava espiritualmente ouvindo e confortando as pessoas.

Recebeu condecoração do Cônsul Geral da República Federal  Alemã pelos trabalhos prestados e pelo testemunho que ela deu como Religiosa e como cidadã alemã. Além disso, recebeu também o título de cidadã criciumense.

 

                        


2ª DIRETORA SUBSTITURA - 1966- MARIA DA CONCEIÇÃO DELLA GIUSTINA


 

 

 

 

 

 


TERCEIRA DIRETORA: IRMÃ INÊS PADOIN - 1967 a 1981

 


 

 A Segunda Diretora do Colégio Sagrada Família, na época Grupo Escolhar Frei Balthazar e  Colégio Dom Daniel Hostin, foi Izélia Padoin.( Irmã Inês Padoin, nome religioso)

 Izélia Padoin, a 8ª da família, nasceu no dia 22 de setembro de 1928, em Cocal do Sul, então município de Urussanga-SC.

Seus pais, Pelegrino Padoin e Joana Zaccaron, descendentes de italianos, provindos de Pádua-Itália. De religião católica, muito zelaram na prática religiosa; também transmitiram a mesma fé aos filhos.

A filha Izélia passou sua infância e adolescência fazendo os estudos primários naquela localidade e auxiliava os pais em casa em serviços próprios da idade e da colônia.

Passaram-se anos e a jovem sentiu o chamado à vida religiosa. Assim, animada pela fé e apoiada pela família, entrou no Convento das Irmãs Escolares de Nossa Senhora em 04 de janeiro de 1949, em Forquilhinha. Nesse convento, sob a orientação da Irmã Norberta Ogniewski, recebeu a formação inicial para ser Irmã. Em 1952 foi noviça cuja formadora foi a Madre Maria Maximília Kaboth. Recebeu o nome de Irmã Inês Padoin. Terminado o ano de Noviciado, em 21 de janeiro de 1953, fez sua primeira profissão e após  seis anos, fez sua profissão perpétua.

Neste espaço de tempo fez estudos especiais para sua "profissão no ministério educacional." Em Forquilhinha frequentou e se formou no Curso Normal regional, curso esse que habilitava para o magistério primário -1ª a 4ª séries( denominação da época).

Em 1954 fez concurso para professora estadual, lotando a vaga existente nas Escolas Reunidas Nilá Sardá que funcionava nas dependências do prédio das Irmãs. Assim a Professora Izélia Padoin  passou a lecionar na citada escola, atuando na alfabetização. Em 1956 foi trasnferida para o RS-Santo Antônio da Patrulha.No Colégio Santa Teresinha passou a estudar no Curso Normal-  Magistério. Neste espaço de tempo, habilitou-se em Língua Portuguesa, curso oferecido durante as férias, pelo MEC que dava direito a lecionar no Ensino Secundário, isto é, no Ginásio Acadêmico e 2º Grau Clássico, nomenclatura de então.

Em 1960, retornou para Forquilhinha, assumindo aulas de Português e após novo Concurso  Estadual, em 1964, assumiu como alfabetizadora no Grupo Escolar Frei Balthazar. Legalmente podia lecionar na Escola Particular  "Dom Daniel Hostin" .

A partir de 1962 foi responsável pela Direção do Grupo Escolar Frei Balthazar. Após  longos anos de atividades, em 1985 conquistou sua aposentadoria.

Agradecemos muito pela dedicação, pela preocupação com as crianças carentes, com o amor pela educação.

Faleceu no dia 1º de janeiro de 2015. Está sepultada no cemitério de Forquilhinha.


 QUARTA  DIRETORA: IZABEL EYNG - 1982-1983


QUINTA DIRETORA: MARIA INÊS PADOIN- 1984-1986


SEXTA DIRETORA: ANA MARIA DAL TOÉ - 1987-1989


OITAVA DIRETORA:ADELINDE WESTRUP - 1990-1994


NONA DIRETORA: VERONI TEREZINHA MEDEIROS - 1995-1997


DÉCIMA DIRETORA: CECÍLIA MARTINELLO -1988-2000


DÉCIMA PRIMEIRA DIRETORA: ROSENILDE R. DA S. ACÁCIO - 2000-2004


DÉCIMA SEGUNDA DIRETORA: ISOLENE LOFFI - 2005-2008( até agosto) 


DÉCIMA TERCEIRA DIRETORA: ANA MARIA DAL TOÉ- 2008 (setembro) 

Colégio Sagrada Família - http://www.iens.org/csf
2011. Todos os direitos reservados